Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

a vidinha como ela é

(e uma mãe que mete a mão em tudo) por Claudia Borralho

a vidinha como ela é

(e uma mãe que mete a mão em tudo) por Claudia Borralho

cansada

19.06.13 | Claudia Borralho

Tão farta disto de estar grávida e sozinha tomar conta de dois miudos. Farta de preparar roupas e vesti-los e fazer pequeno-almoço, lavar dentes e levá-los à escola. À segunda não esquecer as garrafas nem a pasta de inglês do gabriel, à quarta levar meias para ginastica dela mais a pasta do inglês, à quinta a mochila da natação e à sexta mais outras meias de ginástica. Farta de ter de os ir buscar à escola e inventar mais um jantar e o banho e os dentes e os pijamas e cama e raramente contar histórias porque estou exausta.
Farta do trabalho full-time e ainda a loja e as encomendas e o stock da loja e os workshops.

Farta das máquinas de roupa para lavar e estender e apanhar e dobrar e arrumar e a louça por lavar e a areia do gato para limpar. E os quartos e sala arrumados à quinta para a empregada poder limpar.

 

Something's got to give só não sei o quê nem como.

 

Passo os dias a pensar como seria bom simplificar esta vida, deixar o trabalho do dia e passar a ter tempo sem culpas para os ir buscar e quem sabe poder levar ao ballet ou uma aula de musica (a oriana está mortinha por fazer ballet e o prof de musica do gabriel disse-nos que deviamos mesmo considerar colocá-lo a aprender um instrumento). E poder levá-los à natação e não ter de depender de um ATL que não passa de uma segunda escola onde fica enfiado até o poder ir buscar. Mas depois acho que daria em doida de vez e fico novamente sem plano.

 

E certamente que o facto de o meu cerebro ter uns quantos fios desligados também não ajuda.

3 comentários

Comentar post