Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a vidinha como ela é

(e uma mãe que mete a mão em tudo) por Claudia Borralho

a vidinha como ela é

(e uma mãe que mete a mão em tudo) por Claudia Borralho

dar um jeitinho

30.05.12 | Claudia Borralho

Perguntam-me muitas vezes se não dou workshops de arranjos, fazer bainhas, apertar umas calças/saia, coisas assim.
Há arranjos muito fáceis, como uma bainha dumas calças e há os arranjos trabalhosos, por exemplo, apertar umas calças pelo gancho.

Mas para tudo é possível dar um jeitinho.

 

Uma bainha simples é muito fácil - é só medir, deixar margem para a bainha e cortar. Dobrar o tecido da margem duas vezes (para ficar com a altura desejada), vincar com o ferro e costurar.

 

Para outras coisas é só usar a imaginação. Um buraco nos joelhos remenda-se e coloca-se umas joelheiras, um buraco numa camisola disfarça-se e embeleza-se com uma aplicação.

Tinha uma tshirt cujo decote era um bocadinho grande demais, lembrei-me de lhe fazer uns mini-plissados junto ao ombro e o problema do decote resolveu-se.

 

E acontece-me muitas vezes as calças de ganga precisarem de um jeitinho no cós, não é que estejam propriamente grandes, mas caiem-me da cintura e ficam ali penduradas das ancas sem jeito nenhum. Dou-lhes este jeitinho dos lados. É fácil, não se nota, e as calças deixam de me cair.

 

É um jeitinho só.