Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

a vidinha como ela é

(e uma mãe que mete a mão em tudo) por Claudia Borralho

a vidinha como ela é

(e uma mãe que mete a mão em tudo) por Claudia Borralho

Fetal Doppler

11.10.06 | Claudia Borralho
As pessoas perguntam se está tudo bem com a barriga. Eu própria já devo ter feito muitas e muitas vezes esta mesma pergunta. A verdade é que não sabemos, achamos que sim partindo do príncipio que nada de mau transpirou cá para fora.
Não podemos abrir a barriga e espreitar lá para dentro. Mais para à frente quando se começar a fazer sentir, já é um pouco diferente. Sentimos a sua força e rebeldia, os pontapés, os murros, os soluços.
Já tinha ouvido falar dos fetal dopplers. Sabia que havia por aí uns baratuxos. Procurei no ebay, comparei preços, li as reviews, vi os sites dos fabricantes e por cerca de 30€ encomendei um Angel Sounds que permite ouvir e gravar o batimento cardíaco do meu parasitazinho a partir das 12 semanas. Às vezes consegue ouvir-se mais cedo.
Eu ouvi às 11 semanas, mas estava lá tão longe e tão elusivo que acabei por achar que era algum eco do meu próprio bater de coração.
Ontem ouvi outra vez, agora com mais certezas. Comparei o da barriga com o do peito, eram muito diferentes. O da barriga pareciam mesmo cavalos a galope wuush wuush wuush :D

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.