Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

a vidinha como ela é

(e uma mãe que mete a mão em tudo) por Claudia Borralho

a vidinha como ela é

(e uma mãe que mete a mão em tudo) por Claudia Borralho

sobre a cama de menino grande

31.03.09 | Claudia Borralho

Já me repeti tanto pelos comentários que resolvi deixar isto em post :)

 

Originalmente eu pensava que o Gabriel iria usar a cama de grades muito tempo. Sendo ele pequenino a cama com certeza serviria até pelo menos aos 3 anos.

Acontece que tinha ele 19 meses e começou a ser cada vez mais difícil deitá-lo para dormir à noite. Queria colinho, muito colinho, não queria ficar sozinho na cama. Para além disto, quando acordava de manhã era um berreiro de acordar os mortos para o irmos a correr tirar da "prisão".

E eu cada vez sentia mais a falta de me poder deitar ao pé dele em vez de ter sempre a grade a separar-nos.

O passo 1 foi baixar o mais possível o estrado da cama de grades (fizemos novos furos) e tirar a grade. Como precaução sempre que dormia colocava ao lado da cama um colchão tripartido para o caso de ele cair. Notamos que ficava desajeitado com o saquinho de dormir quando se tentava levantar e passou a dormir só com edredão e mantinhas. Nunca caiu.

Também não se levantava sozinho :) ficava sentadinho até o irmos buscar. Lá aconteceu um dia não nos apetecer levantar e chamamos nós por ele. A partir daí levantou-se sempre sozinho.

Isto criou um pequeno problema, ao deitar levantava-se e vinha ter connosco em vez de dormir. Foi resolvido rapidamente pelo facto de lhe fecharmos a porta do quarto. Depois quando já tinha adormecido voltavamos a encostar a porta para que pudesse vir ter connosco ao acordar.

Passado um mês de dormir na cama de grades sem grade resolvemos comprar a cama de menino grande. Comprámos esta: http://www.ikea.com/pt/pt/catalog/products/S59851606 em azul que até já vem com barra de segurança.

Mantivemos a barra de segurança durante algum tempo mas acabei por retirá-la, o rapaz teimava em subir e descer da cama por cima da barra e fazia grandes acrobacias com isso. Era simplesmente mais seguro retirá-la do que mantê-la. E não, ele nunca caiu da cama.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.