Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vidinha como ela é

(e uma mãe que mete a mão em tudo) por Claudia Borralho

a vidinha como ela é

(e uma mãe que mete a mão em tudo) por Claudia Borralho

o mais velho

22.07.10 | Claudia Borralho

Não há manhã em que não me apeteça torcer-lhe o pescocinho. Ainda não são 7h e começa: Já não é noite, é dia!!! Acorda mãe, quero pandinha! Pandinha mãe, quero pandinha! Quero água! Quero papa! Mãe, quero outro panda. Por tudo e por nada choraminga. uhhhh tou tristinho, quero tu aqui! uhhhhh o barco molhou-se! uhhhhhh o boneco caiu!

Estou a tentar dar biberão e adormecer a miúda e ele aparece. Chega para lá, quero sentar ao pé da maninha. Olá maninha! Olá bebé!

E lá se vai a ondinha em que ela quase adormecia...

 

E depois vê-me a pentear e sai-se com esta: Vais ficar linda mãe!

 

Sacana do puto, é assim que eles nos levam.

aaaaarrrrrggggghhhhhhhhhhhhhh!!!

21.07.10 | Claudia Borralho

Oriana PÁRA de gritar! Pára de gritar! Pára de gritar!

 

Todos os dias isto. Um anjo fora de casa, aqui comigo grita, grita, grita. E a exaustão não lhe chega.

Eu deito, eu canto, eu pego ao colo, eu ponho-a na cama comigo, slingo, des-slingo, ponho chucha, dou um boneco, sempre a gritar. Às vezes pára uns segundos e lá arranca outra vez. Volta e meia esfrega os olhos, está caidinha de sono e grita, grita, grita.

 

Está neste preciso momento aos gritos, já fiz de tudo... Aaaaaarrrrrrrrrrrrrrgggggggghhhhhhhhhhhhhhhhh!!!!

do médico

21.07.10 | Claudia Borralho

Parar imediatamente com a medicação, já que as análises do hospital não têm qualquer indicação de infecção urinária. A única coisa que têm é muitos leucócitos na urina e isso... pode ser muita coisa.

Mais análises e ecografia abdominal. Aguardem as cenas do próximo capítulo.