Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vidinha como ela é

(e uma mãe que mete a mão em tudo) por Claudia Borralho

a vidinha como ela é

(e uma mãe que mete a mão em tudo) por Claudia Borralho

elogios

24.09.09 | Claudia Borralho

Não estou habituada a receber elogios, sempre cresci a não ser o suficiente, nunca fui boa o suficiente, nem simpática o suficiente, nem educada o suficiente, nem magra o suficiente, nem gorda o suficiente, nem boa aluna o suficiente, nem bonita o suficiente, nem bem vestida o suficiente, enfim... lá está não estou habituada a receber elogios.

Como tal quando recebo um pode acontecer uma de três coisas, pode ser algo para que estava a trabalhar imenso, algo super exigente, algo que me deitou abaixo constantemente, por isso quando vem o elogio eu sinto-me mesmo feliz, eu esforcei-me, eu mereço.

Às vezes os elogios vêm de pessoas muito queridas para mim, esses eu acho simplesmente que aquela pessoa está como sempre a ser super simpática, porque é assim que ela é, sempre querida e com uma palavra doce.

E depois há o terceiro caso, o mais comum de todos eles, se me fazem um elogio, eu não acho que seja um elogio de todo, acho que estão a gozar comigo.

chucha e xixis

22.09.09 | Claudia Borralho

Há umas semanas foi de vez, a chucha é só para dormir. Nos primeiros dias ainda tentava ir buscá-la sorrateiramente, mas bastava perguntar-lhe se queria ir dormir para ir a correr guardá-la na cama ou na gaveta da mesinha de cabeceira.

Já tinhamos tentado sem sucesso noutras ocasiões e estou espantada como correu tão bem e de forma tão simples :)

 

Os xixis é que andaram /andam num passo atrás. Depois de imenso tempo sem um único acidente em semanas, eis que voltamos de férias e o senhor gabriel é xixis no tapete da sala, no sofá e pior ainda, acidentes todos os dias na creche! E ele que já se incomodava todo com o molhado e vinha aflito quando tinha um acidente, agora não estava nem aí. Fazia xixi no tapete e deixava-se estar e continuava a brincar, sacanita!

Coincidência ou não, desde que lhe expliquei que tinha de pedir para fazer xixi e se não o fizesse ficava sem tv, os acidentes pararam dum dia pro outro. Mas nota-se que anda mais distraído, muitas vezes quando chega à casa de banho já vem com umas pingas na cueca.