Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a vidinha como ela é

(e uma mãe que mete a mão em tudo) por Claudia Borralho

a vidinha como ela é

(e uma mãe que mete a mão em tudo) por Claudia Borralho

casamento em vários actos

30.01.06 | Claudia Borralho
Ora, nós desde o início que definimos que o casamento seria pequinino e sem festa típica com quinta e dj e refeição de três pratos. Como tal, sempre dissemos que mais tarde fariamos uma festita pros amigos lá em casa.
Dois actos.
Depois foi o pai que ficou triste por avó e tias não irem ao almoço e logo teve a ideia de fazer mais tarde um almoço para aquela parte da família.
Três actos.
A mãe do tiago ao ouvir a bela ideia do meu pai, achou que também era uma hipotese para ela...
Quarto acto em suspenso.

Inquérito dos quatros

30.01.06 | Claudia Borralho
(a mim ninguém me convidou, mas eu faço na mesma!)


Quatro empregos que já tive na vida:

1. Trabalhei 1 mês no BES, a tratar das letras
2. Patinadora do Carrefour
3. Formação a uma turma de meninos do 11º em webdesign
4. Webdesigner (já numa porrada de sítios e em freelance)

... e não resisto a pôr mais uns:
- assistente de marketing
- assistente de produção numa passagem de modelos da Levi's
- assistente de produção nos catálogos Quebra-Mar
- entrevistei meninas e meninos para trabalhar nas lojas Quebra-Mar
- design gráfico para peças de marketing directo


Quatro filmes que posso ver vezes sem conta:

1. American Pie 1 e 2
2. Música no Coração
3. A Vida é Bela
4. Love Actually


Quatro sítios onde vivi:

1. na barriga da mãe
2. na Rua Vale Formoso de Cima, em Lisboa (pros lados de Cabo Ruivo e Poço Bispo, uma menina de Marvila)
3. na Urbanização da Portela
4. no Montijo


Quatro livros que me marcaram:
1. As Brumas de Avalon (de Marion Zimmer Bradley)
2. Harry Potter (todinhos e ainda o que falta! de J.K. Rowling)
3. Son of the Shadows (o 2º da trilogia Sevenwaters de Juliet Marillier)
4. A Casa dos Espíritos (de Isabel Allende)*

*e quando o filme foi filmado em Lisboa eu fui lá participar!!! :D


Quatro séries televisivas que não perco (MESMO!):

1. Sexo e a Cidade
2. Médium
3. ER
4. Poirot


Quatro sítios onde estive de férias:

1. República Dominicana
2. Ilha Margarita, Venezuela
3. Itália
4. México


Quatro dos meus pratos preferidos:

1. Salcichas com couve lombarda
2. Carne assada com molho de cenoura
3. o entrecote da Brasserie
4. chinese :)


Quatro websites que visito diariamente:

1. Flickr
2. Google
3. SAPO
4. Kinja


Quatro sítios onde gostaria de estar agora:

1. na minha casa
2. na casa nova
3. num resort tudo incluído
4. em nova york

Sleet

30.01.06 | Claudia Borralho
Já nevou mas ainda não se fez ski :)
Pela primeira vez na minha vida, vi nevar em Lisboa!!! (estava à espera disto desde que li "Uma Aventura em Lisboa")

A sensação foi de total incredulidade, e depois uma mistura de alegria e raiva contra o frio e vento.
Estava a entrar na portela quando começo a reparar que a chuva tinha começado a ser branca (porque estava mesmo a vir de frente contra o carro). Atao mas... não é granizo... isto é neve! Nãaaaaa, não pode ser! É neve! É mesmo neve!
Quando chegou a altura de estacionar e sair do carro já não havia qualquer espaço para dúvida, a chuva tinha sido totalmente substituida pela neve e nos carros estacionados começava a acumular-se um manto branco.

Portugal branco de norte a sul
Neve caiu em locais inesperados, de Lisboa à Figueira
O frio mantinha-se intenso ontem ao final da noite - dois graus em Lisboa, três em Faro - mas as temperaturas vão subir ligeiramente já hoje, num dia que se anuncia de poucas nuvens e sem chuva, segundo previsões do Instituto de Meteorologia.
A meteorologista Idália Mendonça explicou que "a queda de neve generalizada no território continental, incluindo locais inesperados e de altitude muito baixa, como a Figueira da Foz é muitíssimo rara".
Em Lisboa, por exemplo, já não nevava há 52 anos.
Na região do Norte, parou de nevar no princípio da manhã porque deixou de haver precipitação, mas a chuva "ajudou" a neve a cair no Centro e Sul, e nas regiões próximas do litoral. Muitas estradas, incluindo a A1, estiveram cortadas.
As temperaturas mais baixas registaram-se ontem no Nordeste transmontano, com 7 graus negativos, e nas Penhas Douradas, com 8 graus abaixo de zero.

in jornal Metro, 30 janeiro 2006