Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claudia Borralho

A VIDINHA COMO ELA É (e uma mãe que mete a mão em tudo)

Claudia Borralho

A VIDINHA COMO ELA É (e uma mãe que mete a mão em tudo)

Perguntem-me que eu tento responder

Bom dia, Cláudia.
 
Gostaria de lhe colocar uma questão:
- tenho uma máquina de costura básica e antiga (uma Oliva, com cerca de 40 anos), a qual funciona razoavelmente bem. Pus-lhe um motor há uns 4 anos.
 
Agora, pretendia aventurar-me a usar um tecido plastificado, para costurar um saco de ginástica para a minha filha mais velha, e surgem-me duas dúvidas:
- é necessário ter alguma máquina especializada neste tipo de tecidos?
- o uso de tecidos plastificados não vai fazer com que as costuras repuxem, e os  tecidos se rasguem com muita facilidade? Ou mesmo quando as miúdas os atiram para o chão, nos intervalos escolares?
 
Em alternativa ao uso deste tipo de tecido, aconselha o uso de qualquer outro? A minha preferência (ou escolha) tem a ver com o facto deste saco ser para a minha filha levar para a escola (nomeadamente em dias de chuva), e terem a vantagem de não deixarem molhar o conteúdo do seu interior.
 
Muito obrigada pelo seu cuidado e disponibilidade.
 
Ana.

 

Existem diferentes tipos de tecidos plastificados e uns são mais fáceis de trabalhar que outros.
Não precisa de nenhuma máquina especial, a sua Oliva de certeza fará um optimo trabalho.

Em tecidos oleados, tipo vinilico é provável que precise colocar uma folha de papel vegetal ou papel seda para conseguir costurar (existem outros truques como colocar creme no calcador ou uma fita cola de pintar, mas o da folha de papel é o que funciona melhor). Neste tipo de plastificado os buracos da agulha ficam bem marcados e se tem algum receio que o tecido rasgue, experimente utilizar um comprimento maior ao costurar.

Tem também disponíveis os tecidos de algodão com tratamento para plastificar, estes são muito mais fáceis de utilizar e geralmente nem precisam do truque do papel de seda. São também muito mais resistentes a futuros rasgões, embora possam ser ligeiramente menos impermeáveis que os oleados / vinilicos.

Perguntem-me que eu tento responder

Recebo muitas vezes mails a perguntarem que máquina devem comprar ou com pequenas dúvidas de costura.
Já estava na altura de ficarem registadas por aqui :)

 

Esta veio da Catarina:

Que tipo de máquina eu deveria comprar para fazer fatos de banho e biquinis? As máquinas do lidl são suficientes para trabalhar em tecidos como lycra?

O mais importante para trabalhar com lycra e outros tecidos elásticos como malhas é utilizar a agulha correcta (que não é a standard que vem com a máquina de costura), terá de comprar uma agulha própria para malhas / jersey e com tamanho adequado à grossura do tecido que vai trabalhar.
Depois vai depender do que pretender como resultado final. Todas as máquinas têm como ponto elástico o zigzag e depois poderão ter outros pontos elásticos para obter melhores resultados. O típico acabamento overlock esse só o poderá fazer com uma máquina overlock.

Então significa que posso fazer um biquini com uma máquina normal, desde que tenha a agulha adequada,apenas não consigo fazer o acabemento overlock com uma máquina normal?
Para fazer um biquini é essencial que se faça esse acabamento, ou há outra maneira?
é necessário sempre ter as duas máquinas ou há alguma que reuna todas a funções?

Não conheço nenhuma máquina que tenha as duas funções :) Algumas replicam o efeito mas não é a mesma coisa. As overlock são aquelas máquinas enormes com 4 rolos de linhas ao mesmo tempo.
E pode perfeitamente fazer os biquinis numa máquina normal. Se já souber costurar já tem uma melhor ideia do tipo de pontos que vai querer utilizar, se ainda estiver no começo preocupe-se com o tipo de pontos elásticos a máquina faz para além do zigzag.
Quando começar a costurar deve lembrar-se quais as costuras que devem ser elásticas bem como as que não precisam de tanta elasticidade (cintura e virilha terão de ser elásticas, mas as costuras laterais não). Também deve prestar atenção ao tecido, as malhas têm sempre um lado elástico e outro não tão elástico. Observe o tecido das tshirts, por exemplo - são muito mais elásticas na largura do que no comprimento. É esta elasticidade própria do tecido que temos de respeitar com as costuras e utilizá-la para o conforto e cair da peça.

Muito obrigada pela ajuda.
Vou tentar encontrar uma burda que tenha moldes e dicas para fazer um biquini para este verão !!
Mais uma vez obrigada :)

 

E quem também souber responder deixe nos comentários :) será com certeza uma grande ajuda para todos.

 

 

como fazer casas de botão (com máquina de costura)

O calcador para casas de botão, é comprido, com uma série de marcações na lateral, e o centro deslizável.

 

Começamos por pegar no nosso botão e ver a sua dimensão comparativamente às marcações do calcador. As nossas costuras laterais terão esta dimensão (igual ao diametro do botão, botões altos poderão ter uma lateral um pouco maior que o seu diametro).

 

 

Para fazer casas de botão utilizamos um ponto zigzag bem apertado, as máquinas geralmente já trazem pontos pré-regulados para fazer as casas de botão, sendo apenas necessário ajustar o comprimento e largura. O comprimento deverá ser entre 0 e 1 e a largura entre 4 e 5.

As casas de botão são então feitas em 4 fases, duas laterais mais duas extremidades. Nas máquinas encontramos então três pontos: dois para cada lateral (1 e 3) e um para as extremidades (2/4). Os números correspondem precisamente às várias fases que compoem a construção da casa.

 



Podemos começar pela fase que quisermos - o importante é fazê-las todas, eu recomendo começar pela lateral esquerda*, ou seja, da ponta do tecido para dentro, costurando para trás. Assim é mais facil não só controlar a dimensão da casa como o seu posicionamento exacto na peça que estamos a costurar.

 

*nalgumas máquinas a lateral esquerda tem o número 1 e noutras tem o número 3

 

As casas de botão como utilizam um ponto bem apertado devem ser costuradas sobre uma boa base (várias camadas de tecido leve, por exemplo). Se a peça não tiver várias camadas pode juntar por exemplo um pedaço de papel que depois sai facilmente. Para além disso devem também ser sempre treinadas antes num retalho, para garantir que as dimensões de comprimento e largura são as mais adequadas e garantir que têm a dimensão correcta. É praticamente impossível descoser uma casa de botão, por isso pratique antes de passar para o definitivo.

 

 

Ao começar pela lateral esquerda devem garantir que o calcador está totalmente chegado para trás, e se preferirem começar pela direita o calcador deverá ter a zona deslizante junto à marcação do tamanho de casa que pretendem.

 

Finalmente, é só pegar no descosedor/abre casas ou numa tesoura pequena e cortar a abertura da casa.

 

Outras máquinas já poderão ter um sistema que faz as casas de botão sozinha. O calcador é um pouco diferente, é mais comprido e tem uma zona para encaixar o botão. A máquina tem também uma pequena alavanca que encaixa numa zona deste calcador e é desta forma que a máquina sozinha calcula o tamanho necessário para a casa de botão (quando a alavanca bate na pecinha que tem a largura do botão a máquina sabe que terminou a lateral).



equipados!

O pai queria uma tshirt de Portugal, eu achei que era giro comprar umas tshirts e desenhá-las iguais para toda a família.

 

Trouxe tshirts brancas baratinhas para todos.

Peguei nos meus Edding Tshirt Marker (há na Staples!) e comecei a desenhar.

 

Depois foi só passar com o ferro bem quente para fixar a tinta (de acordo com as instruções da caneta).

 

E todos equipados! Os meninos com os desenhos a preto e as meninas com os desenhos a rosa.

 

Tshirts para todos por menos de €10!

dar um jeitinho

Perguntam-me muitas vezes se não dou workshops de arranjos, fazer bainhas, apertar umas calças/saia, coisas assim.
Há arranjos muito fáceis, como uma bainha dumas calças e há os arranjos trabalhosos, por exemplo, apertar umas calças pelo gancho.

Mas para tudo é possível dar um jeitinho.

 

Uma bainha simples é muito fácil - é só medir, deixar margem para a bainha e cortar. Dobrar o tecido da margem duas vezes (para ficar com a altura desejada), vincar com o ferro e costurar.

 

Para outras coisas é só usar a imaginação. Um buraco nos joelhos remenda-se e coloca-se umas joelheiras, um buraco numa camisola disfarça-se e embeleza-se com uma aplicação.

Tinha uma tshirt cujo decote era um bocadinho grande demais, lembrei-me de lhe fazer uns mini-plissados junto ao ombro e o problema do decote resolveu-se.

 

E acontece-me muitas vezes as calças de ganga precisarem de um jeitinho no cós, não é que estejam propriamente grandes, mas caiem-me da cintura e ficam ali penduradas das ancas sem jeito nenhum. Dou-lhes este jeitinho dos lados. É fácil, não se nota, e as calças deixam de me cair.

 

É um jeitinho só.

.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2003
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D