Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claudia Borralho

A VIDINHA COMO ELA É (e uma mãe que mete a mão em tudo)

Claudia Borralho

A VIDINHA COMO ELA É (e uma mãe que mete a mão em tudo)

da amamentação (agora que já está tão longe)

Tenho saudades de amamentar. Tenho saudades porque já me "esqueci" das dificuldades.
Às vezes estou com o Gabriel e sinto aquela impressão nas mamas como se o leite estivesse prestes a escorrer. É a oxitocina ainda a correr por aqui.
Quero deixar pelas minhas próprias palavras notas e dicas mentais para o futuro.

Amamentar é difícil ao príncipio, pode doer muito e fazer-nos desistir. É muito bom ir preparando a maminha durante a gravidez e colocar os cremes de lanolina logo desde a primeira mamada.
No início o principal é mesmo não desistir, não desistir, não desistir.
Também é fácil ficarmos ansiosas com o peso do bebé, estará ou não a mamar o suficiente??? O que aprendi da experiência do Gabriel é que o nosso leite é suficiente. O nosso leite é o melhor alimento. É o mais rico. É o que os alimenta melhor. O Gabriel sempre foi um bebé pequenino, e eu vivi a experiência de amamentação sempre um pouco de coração nas mãos porque o Gabriel andava sempre nos limites mínimos de aumento de peso, já para não dizer que levou 3 semanas e não 2 a recuperar o peso do nascimento*.
Quando comecei a notar que tinha fome e lhe dei o suplemento ele não aumentou mais de peso, ficou igual, tal como se continuasse com a maminha. E agora com os sólidos estamos até a fazer-lhe uma dieta de engorda, com muita papa e bolachas.
Quando aumentou mais de peso foi quando mamava em exclusivo.
Grande parte das dificuldades que me levaram a secar o peito, sei agora que tinham a ver com o excesso de estímulos do bebé que o impediam de dormir. Ele estava o dia todo a gritar e rabugento e eu passava o dia a tentar que comesse com receio que talvez fosse fome. O resultado foi ele passar os dias a beber muito pouca quantidade de leite (o que me desregulou a produção durante o dia) e a continuar sempre rabugento porque não lhe conseguia dar o que precisava - que se acalmasse e dormisse.
É muito difícil tirar leite com a bomba. Durante muito tempo achava que o problema era defeito meu que talvez não tivesse grande quantidade de leite, mas já percebi que outras mulheres têm a mesma dificuldade.
Para congelar é mesmo boa ideia aproveitar o momento da mamada para tirar leite do outro lado. O bebé a mamar é a melhor activação da oxitocina.

Na minha wishlist está um livro que me emprestaram e me ajudou imenso a perceber o Gabriel e a ajudá-lo a aprender a dormir. E também me ajudou na amamentação, embora já tenha chegado um pouco tarde. Adorava tê-lo lido antes do bebé nascer, teria-me ajudado imenso. Costumo recomendá-lo a todas as minhas amigas com bebés.
É este: Secrets of the Baby Whisperer: How to Calm, Connect and Communicate with Your Baby (Paperback) by Tracy Hogg
Reparei que também tem um livro para os "toddlers" tenho que o comprar rapidamente!

E já agora... durante a noite nunca, nunca pus o bebé a arrotar depois de mamar. Sempre achei desnecessário. Ele adormecia pouco depois de mamar, satisfeitissimo, regalado e cheio de sono. Não tinha ali nada para arrotar.
Às vezes ficava com remorsos a pensar se não seria uma má mãe a fazer qualquer coisa mal, até que leio no livro da Tracy Hogg precisamente isto - não é necessário colocar o bebé para arrotar nas mamadas nocturnas. Eles estão tão ensonados que nem chegam a engolir ar.


*mas isso tenho a certeza que foi por não lhe ter dado maminha o suficiente, ele só dormia e eu acabei por acordá-lo menos vezes do que devia - na primeira semana mamava aí de 4h30 em 4h30, ou seja, em vez das 8 a 12 mamadas diárias ele só mamava umas 5 a 6 vezes.



E agora as coisas más.
É muito desconfortável andar sempre a dormir de soutien e discos de amamentação. É igualmente desconfortável dormir com umas mamas gigantes à solta e acordar com o pijama encharcado e duas grandes manchas de leite.
É muito frustrante quando o bebé não quer pegar ou recusa o peito (até pode ser por não ter fome naquele momento).
A sensação de desconforto e dor de mamas muito cheias foi das piores coisas que já senti. Nestas alturas o bebé mamar é a melhor sensação de alívio do mundo só comparável com finalmente fazer xixi quando se está muito aflito.

(more to be added)

o livro 6

Foi finalmente revelado o título do livro 6 do Harry Potter. A informação está numa parte escondida do site oficial da escritora, a porta misteriosa deixou de ter o sinal de "Do Not Disturb" e ao abri-la deparamo-nos com uma parede de tijolos. Alguns destes tijolos são clicáveis e se o fizermos na sequência certa é revelado o título do livro. É óbvio que já todos os sites de Harry Potter têm esta informação, mas não podia resistir à tentação de descobrir como passar a parede de tijolos. Consegui depois de 64 tentativas!! (haviam 120 possíveis)

as compritas e uma velha amiga

A visita à FNAC na sexta feira revelou-se um pouco diferente do planeado. Não encontrei a maior parte dos livros da minha lista e os que encontrei estavam ou estragaditos (a capa do wolfskin estava toda dobrada atrás e só havia uma cópia...) ou hiper caros (o preço do Fairy Album na FNAC é de 32€ e qualquer coisa... Amazon here i come!). Sendo assim acabei por trazer: Briar King (este por acaso estava na lista!) um livro novo do Terry Brooks (tipo... inda lá tenho uns quantos por ler... mas é Terry Brooks e prontessss!), Artemis Fowl Incidente no Árctico (a bit of fun light reading :) ) e não consegui resistir à serie I do Poirot :) (o problema agora é que também já saiu a série II). Hoje foi o meu primeiro dia a vir de barco de uma forma mais permanente, já tenho o meu passe e tudo! :) Giro foi encontrar a Claudia que também vinha pela primeira vez no barco. A Claudia é outra das minhas amigas da infância, como a Regina conheço-a desde os 2 anos, andamos todas na mesma escola. Foi com a Claudia que partilhei o fanatismo pelos New Kids On The Block quando tinhamos 13/14 anos e até formamos um club de fans com jornal mensal e tudo! Depois no liceu ela foi para as gestões e economias enquanto que eu fugi a sete pés da matemática. Claro que pelo menos uma vez ao ano sempre mantivemos todas o contacto. No ano passado descobri que coincidência das coincidências a Claudia morava novamente bem pertinho de mim. Eu no Montijo e ela na Atalaia, mesmo assim morando ao lado uma da outra continuamos um pouco afastadas, as coisas falam-se mas depois não as fazemos acontecer... e hoje encontrei-a no barco. Foi bem giro, e se calhar amanhã vejo-a outra vez. No barco, pois claro!

Dia do Aderente FNAC

Hoje é o dia e noite do aderente FNAC. Quem tem cartão FNAC vai ter 10% de desconto :) e eu vou às compras!! Tenho uma lista de livros para comprar e comparar os preços com a amazon. Arthur - At The Crossing Places de Kevin Crossley-Holland (continuação do Seeing Stone - cerca de 8,71€ na amazon) Arthur - King of The Middle March de Kevin Crossley-Holland (último volume do Seeing Stone - cerca de 15,19€ na amazon... ainda só existe hardcover) Lady Cottington's Fairy Album de Brian Froud (este é mais barato na amazon de certeza! cerca de 15,19€, a última vez que o vi na FNAC estava a cerca de 30€) New Clues to Harry Potter Book 5 (dúvido que encontre este na FNAC... custa cerca de 9,64€ na amazon) The Briar King (este já anda na minha wishlist há imenso tempo... é cerca de 20,06€ na amazon, em hardcover) His Dark Materials (a trilogia do Philip Pullman, na realidade eu já tenho o primeiro em português, estou a decidir se compro todos em inglês ou os dois que me faltam em português, a trilogia na amazon está a cerca de 23,64€) Wolfskin e Foxmask, os dois de Juliet Marillier (uma nova série desta minha nova autora favorita :) , na amazon o primeiro está a 11,12€ e o segundo em hardcover a 20,46€) The Da Vinci Code de Dan Brown (acho que está a cerca de 8/9€ na amazon e já houve alguém que o comprou a 9€ na Bertrand) ... e claro, na amazon ainda pago mais 6€ pelos portes de envio. Logo vemos.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2003
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D