Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claudia Borralho

A VIDINHA COMO ELA É (e uma mãe que mete a mão em tudo)

Claudia Borralho

A VIDINHA COMO ELA É (e uma mãe que mete a mão em tudo)

alfandega e comprar tecidos

Há uns anos era possivel fazer pequenas encomendas de tecidos lá fora e desde que o valor não excedesse os $50 não costumava haver problemas com a alfândega. Ultimamente ando a ultrapassar ligeiramente este valor e como não encontrava nada relativo ao tipo de artigos nem aos valores resolvi pedir uns quantos esclarecimentos. As coisas que descobri:
1. Não importa o valor da encomenda, se chegar por transportadora teremos sempre de pagar alfandega - pelo valor da encomenda, pelos portes de envio e pelos honorarios da transportadora - foi assim que há uns meses uma encomenda de uns miseros $40 foi devolvida já que me pediam cerca de €70 de alfandega.

2. As encomendas postais pagam alfandega não só pelo valor da encomenda como também pelos portes de envio. O valor para tecidos são os 23% de IVA mais uns emolumentos e impressos e não seria problemático não fossem os valores de portes de envio muitas vezes idênticos ou superiores em valor daquilo que é pago pela mercadoria.

3. Se o valor global da encomenda (produto + portes) for superior a €150 já terão de se pagar também direitos aduaneiros.

Mais informações aqui.

 

Muitas vezes perguntam-me onde podem comprar tecidos, a verdade é que não compro tecidos lá fora assim tantas vezes e encomendava geralmente de dois sites - fabric.com e pinkchalkfabrics.com. Agora vou provavelmente deixar de encomendar tecidos dos estados unidos, na europa conheço dois sites também a volksfaden.de e a tecidos.com.pt (tem .pt mas é alemão). Na primeira há algumas coisas giras mas nunca lá encomendei porque acabam por custar o mesmo do que cá e no segundo é preciso procurar bem para encontrar algo especial.
Têm ideias por aí? Onde encomendam os vossos tecidos?

a maternidade numa crise profunda

Já todos sabemos isto, mas acho que não nos damos conta de quão fundo está e quão escuro é o futuro devido a isto. O pior de tudo, nem sequer consigo vislumbrar um baby boom daqui por uns sei lá 10 ou 20 anos. Vamos deixar de ter bebés até só restarem os velhos.

No FB alguém se queixava que este ano nem sequer havia grávidas de 1 de abril. Já nem a brincar há bebés.

O meu duro contacto com a realidade deu-se a pesquisar roupa de grávida. Havia uma série de lojas que tinham roupa de grávida, agora zip, nada. Não lhes é rentável ter essas colecções. E isto numa loja não se dá dum momento para o outro. Quer dizer que a procura desceu, e desceu novamente até decidirem eliminá-la. Até o fecho da MAC é indicativo disto, significa que alguém engravatado olhou para uns gráficos a decrescer e viu ali uma optima oportunidade de fechar aquela que é "a maternidade" de Portugal.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2003
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D