Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claudia Borralho

A VIDINHA COMO ELA É (e uma mãe que mete a mão em tudo)

Claudia Borralho

A VIDINHA COMO ELA É (e uma mãe que mete a mão em tudo)

bruxinho à solta

 


Receita para um dia (das bruxas) muito feliz

 

Forro roxo

Feltro preto

Fita de cetim roxa

Linha prateada

Um velho chapéu de bruxa

 

Cortar o forro em forma de capa, alinhavar (não é alinhavar! é aquilo que se faz pro tecido não desfiar!) na máquina de costura.

Aplicar morcego em feltro e coser fita para atar a capa.

Com a linha prateada bordar uns desenhos "mágicos"*

Pôr o chapéu na cabeça

 

 

*uma boa alternativa será comprar daquelas colas decorativas com purpurina e fazer os desenhos directo, não façam é a asneira que eu fiz de tentar colar purpurinas com uma cola potentíssima de crafts... fiquei com o forro e as purpurinas colados ao chão!!! Já experimentei a caneta mágica e não dá, a última alternativa será comprar um tubo de "descola tudo". Senão ficarei para sempre com um chão decorado com forro roxo e purpurinas...

22 semanas

 

To do's:

Lavar capa do berço
Montar berço
Lavar capa do ovo
Lavar roupinhas e mantinhas e fraldinhas e tudo acabado em inho
Detergente de roupa para bebé (ver soflan e noritt)
Fazer mala para maternidade
Fazer mala para gabriel
Fazer mala para tiago
Comprar/ pedir emprestado espreguiçadeira para banho
Comprar alcool 70º* + compressas esterilizadas (ou discos largos de algodão que tb serve) *ainda cá temos e devemos trazer mais da maternidade
Cicamel
Bepanthene
Discos de amamentação
Discos de hidrogel? (tenho de ver se os que sobraram ainda estão na validade, mas provavelmente só compro se precisar)
Talvez umas toalhas com capuz (coelhinho cor de rosa na HM!!!!)
Talvez um ninho quentinho para dormir da prenatal (tenho um quentinho do gabriel + 1 mais ou menos quentinho da vertbaudet e estou a fazer um mais ou menos quentinho em malha polar)
Esponja natural (as da chicco são as mais fofinhas)
Fraldas recém-nascido + fraldas tamanho 2 (ou começar a comprar reutilizáveis)
Fazer toalhitas reutilizáveis em flanela
É possível que venha a precisar de tetinas novas para os biberões (a ver mais tarde)
Ver se consigo ir à Makro comprar termo com botaneco para sair água quentinha (para limpar o rabinho)

a história do passaroco

Quando o Tiago chegou abriu a grelha da ventilação e saiu lá de dentro uma lagartixa. Lagartixa essa provavelmente super agradecida de lhe termos salvo a vida das garras do passaroco. A tixa fugiu e nunca mais a vimos. O passaroco escondeu-se mais lá para dentro...

Gabriel pede para fazer cocó, o passaroco certamente incomodado com tal invasão resolve sair do buraco da ventilação e esvoaça pela casa de banho, deixando o puto completamente louco e acabando por se ir esconder num recanto totalmente inacessivel para humanos atrás do bidé.

Claudia e Tiago torturaram o pequeno passaroco o melhor que podiam, tentando fazer com que saisse do buraco com a ajuda de paus de espetada e cabides de arame desfeitos.

Nada feito... o passaroco deixou-se estar no seu recanto até ao dia seguinte.

Novo dia, o Tiago toma banho, o Gabriel ciranda casa de banho, quarto dos pais, quarto do gabriel e de volta à casa de banho e nada de passaroco.

Teria já esticado o pernil, como o outro?

Claudia tem a ideia de ir espalhar umas migalhas de pão, mas antes o passaroco dá sinal de vida. Ouve-se esvoaçar dentro da casa de banho quando o Gabriel se lembra que quer fazer xixi :)

Entram mãe e filho de fininho na casa de banho e o passaroco esvoaça por todo lado indo finalmente esconder-se no seu recanto atrás do bidé. Com tanto esvoaçar o puto fica acagaçado, não quer entrar na casa de banho e até pede colo. A mãe ri-se :) Felizmente há outra casa de banho!

Como o passaroco se esconde de cada vez que avista os seres de duas pernas a mãe aproveita para limpar algumas cagadelas que já apareceram no chão da casa de banho e banheira, pões migalhinhas para ver se o bicharoco se aguenta e dá mais um ar da sua graça e finalmente toma o seu duche matinal.

Com o puto a divertir-se na creche começa o vai-vem de caça ao passaroco. Já comeu das migalhas e espalhou mais umas quantas cagadelas pela casa de banho, mas de cada vez que avista a humana corre a esconder-se atrás do bidé.

Traço uma estratégia - tapar os buracos onde se pode esconder e ver se sou rápida o suficiente para tapar o buraco onde se esconde quando estiver a esvoaçar cá fora.

O passaroco é sempre super rápido, mas eis que surge uma oportunidade, pego no pano, enfio-o no buraco e... o pano é pequeno e o passaroco esconde-se lá na mesma.

Mais umas tentativas frustradas e eis que surge nova oportunidade, corro a tapar o buraco, desta vez com uma toalha maior, na confusão o passaroco esvoaça para o corredor e embate contra os vidros da porta do hall onde uma pequena tigresa tenta desesperada saltar para o apanhar do outro lado da porta.

Confesso, só me apetece rir. Solto a gata para a apanhar o passaroco ou não? Naaa vou tentar apanhá-lo, mesmo que a gata não o mate deve ser mais difícil tirar-lho dela do que apanhá-lo sozinha.

Muito corre corre para cá, corre corre para lá, eu espreito dum lado, ele esconde-se do outro, parecemos uns parvinhos a jogar ao apanha. Finalmente o passaroco lá se enfia num cantinho onde consigo apanhá-lo com uma toalha.

Não podia deixar passar o momento sem uma foto :D Claudia a grande apanhadora de pardais minúsculos!

Saio com ele para o hall e mando berros aos gatos para se manterem quietos, com tanta comoção e saltos da tigresa Maia até o Lyra já tinha vindo espreitar o que era aquela festa. Felizmente eles ficam mesmo quietos e nem vêm atrás de mim para a cozinha. Vou para a varanda e solto o passaroco e lá foi ele a voar para bem longe!

A Maia continua convencida que há passaroco no corredor e não desgruda da porta a miar...

 

.

Pág. 1/3

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2003
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D