Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claudia Borralho

A VIDINHA COMO ELA É (e uma mãe que mete a mão em tudo)

Claudia Borralho

A VIDINHA COMO ELA É (e uma mãe que mete a mão em tudo)

Lua

Depois de uma breve consulta em:

http://www.moon-phases.net/calendar/index.php?month=4&year=2007

Cheguei à conclusão que a criança irá nascer, segundo a tradição popular, ou no dia 10 de Abril, dia 17 de Abril, dia 23 de Abril ou dia 1 de Maio.

Claro que para mim a criança nasce quando quiser, mas veremos se a tradição não se engana...

Update:

Espreitem ali ao lado este concurso:

http://ynismon.blogspot.com/2007/02/novo-concurso.html

É para tentar adivinhar a data de nascimento do Gabriel... E tem prémios e tudo...

escolher um(a) pediatra

Escolher um pediatra pode ser um bicho de sete cabeças ou muito simples. Geralmente seguimos recomendações de outros pais, escolhemos dos que têm acordos com os nossos seguros de saúde ou ficamos com o que existir no centro de saúde da zona.
Eu sempre tive a ideia de ter como pediatra dos meus filhos aquele que já foi o meu pediatra. É super hiper recomendado (por muita gente a começar por mim), mas a verdade é que também já tem uns aninhos e é hiper ocupado. Ele é director de pediatria no hospital de santa maria, gere o centro brazelton, está envolvido com a humpar e etc etc. Para além disto tudo não tem convenção com os nossos seguros de saúde.
Como tal fizemos nova pesquisa e encontramos uma pediatra também altamente recomendada, de uma família de pediatras e que tem convenção com um dos nossos seguros.
A minha mãe sempre disse que deviamos marcar consulta com o pediatra ainda grávidos. Diz ela que quando esteve grávida leu os livrinhos todos e recomendavam que se fizesse isso.
Eu sempre tive ideia de o fazer, mas não sabia até que ponto isso seria ainda prática corrente. Também li muitos livrinhos e posso dizer que nem um abordava este assunto.
Quando pesquisamos pela pediatra fiquei muito contente ao descobrir que esta considerava a consulta pré-natal muito importante e faz disso prática comum. Era mais um ponto a favor.


Questões para colocar à pediatra:

Vai ver o bebé logo à maternidade?
Quando é a primeira consulta?
Também dá consultas em algum hospital público?
Podemos telefonar-lhe em qualquer altura se nos virmos numa situação de emergência? E para tirar dúvidas? Podemos contactar via email?
Vou querer amamentar em exclusivo até aos 6 meses, mas devo regressar ao trabalho aos 5 meses e meio e o bebé terá de entrar na creche antes disso. Acha que é possível?
Se não, qual é o mais tarde que aconselha começar a introduzir novos alimentos?
E se não conseguirmos amamentar? Que quantidade e que leite devemos dar ao bebé?
Vacinas e teste do pezinho... não sabemos nada.
O banho do bebé? De gato até cair o cordão ou pode ser logo de banheira? Quais os cuidados a ter com o umbigo?
Sobre os antecedentes familiares médicos, nomeadamente os rins poliquísticos do pai e a talassemia da mãe. Existe algum cuidado a ter logo de início?
Tem alguma recomendação para nós?

Há aqui uma série de perguntas que se calhar até já sabemos a resposta e muitas outras que eu sei que são matéria para mais tarde. Mesmo assim, não quero deixar de inclui-las todas aqui. Mais vale perguntar a mais que de menos e os pais devem aproveitar a entrevista com o pediatra para fazer todas as perguntas que tenham, mesmo as mais disparatadas.
Por isso, e porque sei que de certeza existem mais perguntas a fazer deixem as vossas sugestões de perguntas. A entrevista vai ser na quinta feira à tarde.

dicas para o parto

Em conversa no messenger com um recém pai...

O recém pai - Então é assim, quando começares a fazer força FAZ COCÓ! Estás a perceber?
Tens de fazer exactamente como se fosses fazer cocó, vais sentir como se o cocó estiver a sair mas não, é o bebé.


Eu - sim isso é o que dizem os livros

RP - Pois, mas as mulheres no momento ficam com medo de fazer cocó e então fazem mal a força.

Eu - até é costume sentires vontade de fazer cocó, quando é altura do puto sair

RP - E É, é mesmo isso, mas MUITAS mulheres com medo de fazer cocó deixam de fazer força.
Tu vais dominar, a L só teve de fazer força três vezes comigo a dizer "faz cocó L, faz cocó".



:D hehe
.

Pág. 1/5

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2003
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D