Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claudia Borralho

A VIDINHA COMO ELA É (e uma mãe que mete a mão em tudo)

Claudia Borralho

A VIDINHA COMO ELA É (e uma mãe que mete a mão em tudo)

para quando?

Eu digo sempre que ainda falta muito tempo. Ele diz que se calhar não falta assim tanto. A amiga pergunta se não estamos já a tentar...

Para uma questão de registo fica aqui assente que só devo começar a tentar daqui por uns 10 meses. Fiz uma contas de cabeça e parece-me ser o mais cedo que o sonho se possa tornar realidade. E quase de certeza que não consigo ter o primeiro filhote antes dos trinta.

Ora, isto quer dizer que faltam quase dois anos para ser mamã (isto assumindo que tudo corre pelo melhor).

Ainda falta muito tempo... muito mesmo.

o que eu queria...

... o que eu queria eram três. Três filhotes, duas meninas e um menino. O menino no meio ;)

A filha mais velha seria a Oriana.

A Oriana é linda, vive a correr dum lado para o outro e eu mostro-lhe como se põe uma semente na terra e dali nasce uma flor. Ensino-lhe muitas coisas e encorajo-a para tudo o que ela quiser fazer... Gosto de a ouvir cantar e de vê-la a fazer pinturas com os dedos e adoro ouvi-la rir. Quando a Oriana ri parece que o mundo pára para a ouvir. Tudo é calmo e fica em paz. É uma menina com o poder de mudar o mundo.

as piores notícias

Quando regressei de férias e no primeiro dia que acordei em Portugal, recebi as piores notícias.
O Pedro perdeu o bebé.
Não queria sequer acreditar no que estava escrito naquele sms enviado urgentemente passava pouco da meia-noite.
Disseram-me - foi um acidente estupido, o cordão envolto no pescoço, o coração sem bater, a Dalila foi de urgência, mas o bebé morreu.
Um bebé que nem sequer chegou a ver o sol cá fora. Morreu ainda na barriga da mãe.
Estou tão triste, e o pior é não saber o que fazer. Como se consolam estes pais?
Já várias estórias destas me tinham chegado aos ouvidos, mas nunca ninguém acredita que venham acontecer assim tão perto.
Um abraço para o Pedro, para a Dalila, para os avós, para os tios e para todos que conheçam esta dor. (se me doi a mim, nem quero imaginar pelo que passam os outros)

um blog de gravidez quando não se está grávida

não estou grávida, mas um dia hei-de estar
não estou grávida, nem sequer estou a tentar

:) bom, posso não estar grávida, mas à minha volta já existem muitos bebés, gravidezes e futuras grávidas, e já há muito tempo que um bichinho a querer deitar palavras cá para fora me faz cócegas.

Aqui vou falar à vontade do desejo de ter filhos, e de tudo o que de relacionado com bebés se passa à minha volta.
Gostava que fosse um blog partilhado, mas ainda não sei quando lhe vou revelar o segredo ;)

Também não vai ser um blog divulgado, não vou partilhar a morada nem colocar links. Para já espero que se mantenha um cantinho de muito pouca gente.

back

Alas estou de volta :)
Ainda com os sonos muito trocados, mais moreninha (se bem que toda a gente vai dizer que tou na mesma), para já descansadinha, com centenas de fotos para colocar no flickr, feiras e encontros de tricot à vista e mais uns quantos bonecos novos!
As fotos terão de esperar porque tipo... a máquina digital veio comigo mas o cabo ficou em casa e o cd com fotos da Rep. Dominicana ficou em casa (trouxe outro qualquer por engano...).
Por aqui, já li os meus mails e por enquanto as coisas estão calmas... deve ser sol de pouca dura como aquele que brilha lá fora, até porque (como eu já previa) o site que devia ter sido lançado enquanto eu estava de férias ainda não está a bombar e deve ter sobrado qualquer coisa para mim de certeza!

PS. ahhh e o Tiago passou no exame de condução e já anda por aí às curvas!
.

Pág. 10/10

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2006
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2005
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2004
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D
  183. 2003
  184. J
  185. F
  186. M
  187. A
  188. M
  189. J
  190. J
  191. A
  192. S
  193. O
  194. N
  195. D