Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Claudia Borralho

A VIDINHA COMO ELA É (e uma mãe que mete a mão em tudo)

Claudia Borralho

A VIDINHA COMO ELA É (e uma mãe que mete a mão em tudo)

jogos com yoga

Esta semana houve muitos jogos nas aulas yoga kids.

Trabalhamos a flexibilidade dos pés a apanhar pompons só com os dedos dos pés.

20161119_110325.jpg

 

20161119_110232.jpg

 

A seguir houve jogo de cartas e muitas posições de animais.

20161119_111601.jpg

 

20161119_111610.jpg

 

E que posição querem fazer agora? Caranguejos empilhados!!! Continua a ser a favorita :)

20161119_112530.jpg

 

20161119_112736.jpg

 

20161119_112405.jpg

 

20161119_112430.jpg

 

20161119_112522.jpg

 

 

E a melhor parte? Massagens do mais mini M de 3 anos.

20161119_113013.jpg

 

Lá em casa já é Natal

20161114_100645.jpg

Andava um pouco cansada das decorações de Natal lá de casa. Há um pouco de tudo, milhentas coisas feitas à mão super coloridas, coisas feitas pelos miúdos, muitas decorações vermelhas. Enfim, muita coisa que já estou um pouco farta de usar.

O Gabriel já tinha pedido para este ano usarmos a árvore branca, mas não estava com vontade nenhuma de a decorar com as mesmas decorações de sempre. Resolvi passar num loja para ver se tinha um rasgo de criatividade.

20161114_101010.jpg

Podia ser branca com todas as decorações vermelhas, mas ia ser mais do mesmo... hummm acho que me apetecia algo mais orgânico, mas também não quero uma coisa com folhas, pinhas ou pedacinhos de madeira.

Podia ser com decoração dourada, epá mas isto não diz muito comigo, e não quero bolas que se vão partir quando cairem ao chão. Ainda assim escolhi uma série delas não muito convencida.

Nessa altura os meus olhos cairam numas bolas que um grupo de raparigas levava. Transparentes com bolinhas de esferovite lá dentro. Descrito nem parecem grande coisa, mas eram absolutamente lindas na sua simplicidade. Era isso! Uma árvore branca com toda a decoração branca!

20161114_100840.jpg

 

Às bolas com esferovite fui juntando outras coisas, tecido leve em branco com fio metálico, bolas brancas com brilho, bolas brancas fofinhas, uma grande estrela em vime pintado de branco e um coração branco com moldura de madeira e grade metálica por dentro. Já trazia umas molinhas e era super giro para colocar na árvore com desenhos dos miúdos.

20161114_100817.jpg

 

Depois juntei-lhe luzes led branco frio com fio transparente. E não resisti a trazer 5 bolas transparentes que se abrem para pormos o que quisermos lá dentro. Seria uma para cada membro da família.

20161114_100857.jpg

Fui buscar a árvore branca que já não era usada há alguns anos. Está velhinha e toda amarelada. Na verdade fica um contraste bastante interessante.

A nossa árvore está linda!

Chaotic

Learning is fun, messy, unpredictable even chaotic.

 

Hoje tive uma aula absolutamente caótica. A minha mini de 2 anos entrou de beicinho, começou a chorar, acalmou-se ao meu colo, fugiu para um cantinho e no fim voltou a chorar. Os três maiores estavam em modo doideira, puseram-se a correr à volta do ginásio e não havia meio de acalmarem. Eventualmente lá consegui falar com um de cada vez e sentamos para a história. Mas assim que a história acabou ligaram as pilhas e lá foram os três novamente.

Sobrou o meu outro mini de 2 anos, acompanhado pela mãe, e que se portou lindamente e hoje até já experimentou fazer uma série de posições.

Eu sei que há aulas assim. Não foi a primeira e certamente não será a última, mas bolas como são difíceis.

Bananasté

No yoga para crianças descobrimos o corpo. Damos novos nomes às posições, adaptamos as posições às histórias que contamos e inventamos posições novas. Por exemplo a posição da criança também pode ser um ratinho, ou uma semente, uma pedra ou outra coisa que dite a nossa imaginação. Hoje na nossa prática semanal foi dia de bananas :)

1478769673264

Desenhamos bananas, e depois do desenho tentamos fazer posições de banana.

Fizemos muitas posições de banana, sentados, de pé e até deitados.

Para ganhar força comemos banana e depois embarcamos na aventura da banana Beatriz.

Até as bananas são optimos pontos de aprendizagem para o yoga.

20161112_115239

 

20161112_110858

 

20161112_111131

 

20161112_125300

 

Bananasté yogis!

 

 

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2011
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2010
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2009
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2008
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2007
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2006
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2005
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2004
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2003
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D